segunda-feira, 22 de novembro de 2010

E nem é outono




Tem músicas que traduzem exatamente o seu estado de espírito. Às vezes paramos num axé e, “tira o pé do chão”. Mas tem dias, em que a introspecção, a vontade de ter apenas sua companhia fala mais alto. Eis a que me acompanha hoje, e nem é pelo outono. Talvez se tivéssemos essa estação, tudo fosse diferente. Não existe tristeza, apenas necessidade do meu silêncio.

Essa música então...

4 comentários:

Demetrius disse...

Sem dúvida, amiga Erika!Eu, por exemplo, estou numa fase super retrô e buscando algo que talvez nem perdi(risos).Ultimamente ouço bastante Rick Astley ícone dos anos 80 e nuna deixo de apreciar a poderosa voz de Anita Baker.

22 de novembro de 2010 15:33
Alecio disse...

Tem dias que você liga o rádio e vem "aquela" música que cai como uma luva consguindo nos tocar diretamente na alma... ;)

22 de novembro de 2010 16:41
Cau Torres disse...

Amei o visual novo do blog, amei as pi-up´s, amei a Betty e amei a tua foto do perfil. Beijo e saudade.

PS: Estamos no fim do outono aqui com aquele frio que já conheces bem, falta tu, os chocolates, um bom filme e nossos pijamas de vacas...kkkkk

23 de novembro de 2010 07:38
Ursula disse...

Realmente as musicas traduzem estados de espirito. E pra mim elas também servem como máquina do tempo: muitas vezes escuto determinada musica e lembro de situações em que estava muito feliz, da época da tal música.
beijos
ursulaferraricoach.wordpress.com

24 de novembro de 2010 13:36
 

©2009Erika Valença | by TNB